O que é Marketing Pessoal

É comum elencar diversas definições sobre o que é Marketing Pessoal. Estruturamos uma definição básica para ajudar a entender o tema e para você estruturar as suas ideias.

A competição no mercado é tão grande e as possibilidades de carreiras e relacionamentos são proporcionalmente do mesmo tamanho que na atual sociedade, cada vez mais massificada, a grande arma para o sucesso está na individualidade. O nome é um dos maiores bens da era digital.

Por isso vem crescendo a cada dia as teorias sobre marketing pessoal e personal branding (marca pessoal). São informações e dicas para ajudar os que querem o sucesso a diferenciar-se em meio a milhões com características parecidas.

Neste post, preparamos algumas definições de especialistas no assunto sobre o que é marketing pessoal e o que fazer para identificar as características que melhor se adequam a cada pessoa.

O que é Marketing Pessoal?

Trata-se do conjunto de ações e impressões associadas à sua imagem. Ele direciona qual é o seu valor no mercado por projetar os conhecimentos, experiências e maneiras de agir naquela profissão.

Mesmo que diversas pessoas tenham experiências parecidas com as suas, a forma como estas estão assimiladas em você é o que te diferencia. São nessas diferenças que você deve apostar.

Marketing pessoal está diretamente ligado ao poder e meios de comunicação. É por meio dela que você se torna conhecido e desenvolve a sua imagem diante das pessoas.

Trabalha com a formalização da imagem que o mercado e demais têm sobre você e suas capacidades. Para isso deve existir habilidade para gerenciar a sua carreira.
Todas essas informações compõem a sua marca pessoal. Sabe o que é isso?

Marca Pessoal

Antes de pensar em ações de marketing pessoal é preciso entender qual é a sua marca.
Para Dan Schawbel, idealizador do Blog Personal Branding, marca pessoal “é o processo de como nos comercializar aos outros”.

Durante toda a trajetória pessoal e profissional diversos valores, conhecimentos, habilidades foram agregadas a pessoa. O personal branding tem a capacidade de apontar quais habilidades são essas.

A marca pessoal tem o poder de auxiliar as tomadas de decisões sobre a sua contratação para um projeto ou trabalho. Apenas ter conhecimentos e experiências ligadas à função não mais suficientes na atual sociedade. Para se adequar realmente àquele posto ou seu porte cultural também deve estar relacionado com a postura da empresa.

O personal branding exibe tanto sua promessa de realização do trabalho como seu histórico de ações que confirmam a promessa.

Você sabe qual é a sua? Pense que ela também está ligada a lembrança. Quando as pessoas se lembram de você o que elas veem? Como elas te enxergam? Elas podem associar a imagem a uma pessoa comprometida, esforçada, inteligente, divertida e etc.

Essas informações compõem a idealização sobre o que é marketing pessoal. Agora é com você. Analise como esta a sua projeção no mercado, qual a impressão que você quer promover e compare: o que se pretende mostrar realmente chega ao seu público alvo? Se não, é preciso começar a trabalhar a sua imagem. Aqui mesmo no Faça Acontecer nós já postamos algumas matérias sobre como fazer marketing pessoal e profissional.

Quando você olha pra si mesmo qual a imagem que você tem da sua marca pessoal? Como você trabalha com ela nas ações de marketing pessoal?

Tags:

Sem comentários.

Deixe uma resposta