Como fazer um sólido Branding Pessoal

Ter o seu Branding Pessoal requer atenção e dedicação para torná-la cada vez mais potente

Seguindo a série de dicas sobre marketing e marca pessoal, agora que você já está definindo qual a imagem quer transmitir como marca pessoal, é hora de colocá-la em prática e propagá-la.

Uma analogia maravilhosa feita por Mattias Gronborg, Co-fundador da IGoMonn, relaciona a marca pessoal a um jardim. Se você cuidar ou não dele, ele irá se expandir de qualquer maneira.

Irá chamar a atenção de alguma forma. Cabe a você decidir se prefere ver mato e ervas daninhas crescendo no seu jardim, ou belas flores que atraem vida para ele.

Mas, como aqui no Faça Acontecer nós somos um time de bons jardineiros, seguem algumas dicas de Branding Pessoal para que a colheita no futuro seja farta.

Branding Pessoal

branding pessoal

Confira as dicas para se diferenciar e criar o seu Branding Pessoal

  • Construa um ambiente seu para comunicação virtual: tenha um blog, site ou um bom currículo em alguma rede social. Um blog é um ambiente interessante porque você pode controlar as informações.
  • Publique informações relevantes: insira artigos, referências e novidades sobre a sua área nesse ambiente constantemente. Assim você poderá concentrar uma rede de seguidores e se tornar referência;
  • Tenha tempo para se dedicar ao Branding Pessoal: O investimento deve ser diário. Tenha um tempo todos os dias para verificar como a sua marca está exposta. Não apenas na internet, mas para pensar como se comportou durante o dia, quais contatos fez. A partir disso é possível reavaliar as estratégias utilizadas;
  • Pulverize sua marca nas redes sociais e sites específicos: alimente as redes sociais com suas informações e conteúdos extras. O Linkedin é uma boa rede de contatos profissionais, mas faça todas as informações convergirem para o seu ambiente pessoal.
  • Seja coerente e verdadeiro com as informações: Propague seu currículo e demais conhecimentos em diversos locais, mas cuidado com o excesso de informações distribuídas. O discurso precisa ser o mesmo. As imagens exibidas precisam também ter a mesma qualidade.
    Se no Linkedin existe um perfil seu com informações sobre a carreira, o seu currículo encaminhado para empresas ou no seu blog precisam ter as mesmas informações. Estas precisam ser verdadeiras porque, quando forem solicitadas, as suas qualidades precisam atender a promessa feita;
  • Encare cada perfil de público de forma diferenciada: O discurso precisa ser o mesmo, mas a forma como apresentá-lo deve se adequar a cada lugar e público.A maneira como se comunica com seus colegas de trabalho é diferente da comunicação com chefes, amigos, fornecedores e possíveis influenciadores. Fale de maneira personalizada para aproximar as pessoas;
  • Seja constante e persistente: A princípio pense que as não te conhecem ou que sempre haverá alguém ainda para conquistar. Assim o estímulo para investir nunca terminará, mas cuidado para não ser excessivo.Isso não quer dizer que você vai espalhar a sua imagem de qualquer jeito freneticamente por todos os lugares. Tenha noção de limites.
  • Network: É importante dialogar com as pessoas. Deixe as pessoas saberem as suas opiniões, que você fala e o que quer. Construa relacionamentos constantes, mesmo distantes.

A partir dessas dicas, prepare-se para fazer com que seu branding personal seja claro, potente e eficiente.

Agora é com você! Qual outra tática você utiliza para cuidar da sua marca pessoal? Escreva pra gente?

Foto: http://www.flickr.com/photos/25228175@N08/4627471184/

Tags:

Comentários estão desabilitados