Bons Hábitos: Como adquirir?

Bons hábitos, por menores que sejam, podem agregar imenso valor e bem estar à vida.

“Porque 99 não é 100”.
Valter dos Santos, catador de material reciclável de Jardim Gramacho – RJ.

No documentário Lixo Extraordinário (2009) sobre o projeto artístico do brasileiro Vick Muniz, um catador de material reciclável disse sobre a importância de mudança de atitudes e do esforço necessário de cada um quando afirmava: “Não basta achar que uma latinha não vai fazer diferença porque 99 não é 100”.

É por meio de simples e constantes atitudes que é possível mudar uma série de hábitos para o bem da saúde do corpo e da mente. Todos os detalhes, pequenos ou grandes fazem a diferença.

Hábitos são atividades que estão incorporadas a rotina.

São atitudes inerentes a você. Portanto, reorganizar o cérebro para abrir mão de certas atividades para incorporar outras, muitas vezes contrárias, é uma tarefa complicada que precisa de muito esforço, mas é possível.

Com disciplina e prazer é possível adquirir bons hábitos para a melhoria da qualidade de vida.

Bons hábitos

bons hábitos

O hábito da leitura diária, mesmo de jornais, é um dos mais enriquecedores. Foto

Estabeleça mudanças e metas realizáveis

  • Seja realista: Não vai adiantar determinar que a partir de hoje você irá fazer duas horas de atividade física todos os dias se nunca se exercitou antes. Seja coerente quanto o que quer e tem condições reais de fazer. Se colocar metas e prazos inalcançáveis você irá desistir na primeira semana.
  • Reorganize o tempo: Primeiro você precisará reorganizar o seu tempo, a sua agenda para incluir os novos hábitos. Acesse a nossa seção de Administração do Tempo para aprender sobre o tema.
  • Pequenas atitudes, grandes mudanças: Estabeleça pequenas atitudes realizáveis. Aos poucos elas tomarão conta de você ao ponto de sentir falta ou incômodo quando fizer algo de maneira diferente.

O limite entre o perdão e a cobrança

  • Não se culpe: Tudo bem, você não conseguiu manter a sua mesa de trabalho 100% organizada e respondeu metade dos e-mails. Isso não é motivo para culpa. Esse sentimento em doses exageradas não irá te ajudar em nada.
  • Avalie o lado positivo: Se a meta era 100% e você alcançou 50%, programe-se para amanhã não aceitar menos de 60% e vá ganhando espaço e ritmo até os 100.
  • Não se acomode: Se em um dia você conseguiu 50 de 100, no outro dia 50 de 100, no outro 50 de 100, é hora de se cobrar um pouco mais. Lembre-se: “99 não é 100”.

Estabeleça prazos e motivos

  • A mente precisa de tempo: Segundo especialistas, corpo e mente podem demorar até dois meses para assimilar um novo hábito. Portanto, nada de deixar para a amanhã ou querer mudar radicalmente de vida hoje.
  • Prazos e avaliações: determine períodos para assimilação de cada novo hábito e sempre reavalie durante esse tempo como esta a sua evolução. À medida que enxergar as mudanças você desenvolverá mais estímulo.
  • Eleger motivos: Ajuda a manter a disciplina. Por exemplo: ao invés de simplesmente determinar ser menos autoritário diga a si mesmo que pretende ser mais educado porque educação é a principal ferramenta para o bom convívio entre as pessoas. Quando o motivo de adquirir certo hábito fica evidente é mais fácil de ser incorporado porque o seu cérebro entende a função dele na sua vida.

Comunique os outros

Busque estímulos externos: Sempre existirão pessoas pra atrapalhar o processo e outras pra ajudar. Deixe claro para quem você julgar favorável quais são as suas intenções. Assim, elas podem ajudá-lo com estímulos e talvez dicas para facilitar o processo.
Mudança de ares: Isso também implica se afastar de certos locais e até pessoas, mas deixe claro que nenhuma atitude é pessoal. Toda a sua vida precisa convergir para esses novos hábitos.

Mudar não é fácil, mas com a consciência de estar adquirindo bons hábitos fazem com que o percurso seja mais prazeroso, e os benefícios são as melhores recompensas.

[cta-admtempo]

 

Tags:

Subscribe

Subscribe to our e-mail newsletter to receive updates.

2 respostas até “Bons Hábitos: Como adquirir?”

  1. blogcorplus 14/09/2013 01:15 #

    Excente material… acredito que bons hábitos possa ser também mais amplo. Uma maneira de conseguir se tornar um hábito é repetir algo por 21 dias seguidos. veja mais em http://maisempreendedorismonavida.com.br/bons-habitos-diferenca/ … Grande Abraço

  2. Matheus 26/12/2013 22:04 #

    Todos nós buscamos mudar hábitos, uma parte destes vão atrás, e apenas uma parte destes, por sua vez, conseguem. Ótimas dicas para dar um passo adiante, buscando cada vez mais melhorar nossas vidas.
    Parabéns pelo blog! Vamos conversar.
    Abraços,

    Matheus

Deixe uma resposta